Periodontia

Persisência de Dentes Decíduos

A persistência de dentes decíduos ocorre quando o dente-de-leite não "cai" (esfolia) e pode ficar apinhado com o dente permanente que acaba "nascendo" (erupcionando) no mesmo lugar.

Na maioria dos cães, os dentes permanentes, durante sua formação, começam a empurrar a raiz dos dentes decíduos, promovendo a destruição radicular denominada rizólise. Como o dente-de-leite perde a raiz, a coroa perde suporte e cai, dando espaço à erupção do dente permanente.

Porém, em raças de pequeno porte, por se tratar de uma cavidade oral de pequena dimensão, os dentes permanentes,  ainda em formação, estão levemente deslocados e, ao se desenvolverem, não "empurram" a raiz do dente decíduo, não ocorrendo o fenômeno de rizólise. Logo, como o dente-de-leite ainda apresenta sua raíz, não esfolia por nada !

É recomendada a extração dos dentes decíduos persistentes pois, quando apinhados com os permanentes, aceleram o desenvolvimento da doença periodontal.

Seu pequenon está com o famoso "sorriso de tubarão" ? Procure ajuda profissional especializada !

©  2021 - DENTISTAVET Odontologia Veterinária e Cirurgia Oral

Rua Diogo de Faria, 1368 - Vila Clementino - São Paulo - SP - BRASIL

Tel: 11 99675-8484

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon